OS OITO MEMBROS DO YOGA DE PATAÑJALI

02/06/2010 17:59

 1-      Yamas - 5 obrigações ou disciplinas (o que você deve evitar). As obrigações tratam da harmonização das relações  com a sociedade humana e a relação com os seres vivos em geral.

Ahimsā – não-violência

Ahimsa-pratisthayam tat-samnidhau vaira-tyagah (II.35) – “Ao redor daquele que está firmemente estabelecido na não violência a hostilidade desaparece.”

Satya (veracidade) - não faltar com a verdade

Satya-pratisthayam kriya-phala-asrayatvam (II.36) – “Para aquele estabelecido na verdade o resultado corresponde a ação.”

Asteya – não-roubar, cultivo da integridade, obter e usar somente o necessário.

Asteya-pratisthayam sarva-ratna-upanisthanam (II.37) – “Todas as jóias aparecem para aquele estabelecido na honestidade.”

Bramacharya – não desvirtuamento ou não desperdício da energia, não promiscuidade, estudo das escrituras.

Brahmacharya-pratisthayam virya-labhah (II.38) – “A vitalidade aparece para aquele firmemente estabelecido na moderação.”

Aparigraha – não possessividade, desapego, não cobiçar.

Aparigraha-sthairye janma-kathamta sambodhah (II.39) – “Aquele que persevera no caminho da não possessividade ganha profundo entendimento do significado da vida.”

 

2-      Niyamas - 5 observações ou disciplinas de auto controle (o que você deve buscar e vivenciar). Têm como objetivo a organização da vida pessoal e interior.

Saucha- purificação, limpeza.

Saucat-svangajugupsa-paraihasamsargah (II.40) – “A pureza protege o corpo e leva a relacionamento não físico com os outros.”
Sattva-suddhi-saumanasya-ekagryabindriyajaya-atma-darsana-yogi-atvani ca (II.41) – “Então a pureza, a clareza e o bem estra do espírito florescem, assim como a concentração, o domínio sobre os 11 órgãos dos sentidos e a percepção do ser interno.”

Santosha – contentamento.

Samtosat-anuttamah sukha-labhah (II.42) – “O contentamento traz a felicidade suprema.”
Buscar a capacidade de extrair a alegria daquilo que se tem, sem se preocupar com a aprovação exterior. Procurar manter-se acima dos golpes e imprevistos da vida. Aprecie com alegria tudo que vem com a prática, aprendendo com as dificuldades e superações.

Tapas – esforço sobre si próprio, calor.

Kaya-indriya-siddhih-asuddhi-ksayat-tapasah (II.43) – “Eliminando impurezas, uma vida disciplinada traz perfeição e domínio do corpo e dos 11 órgãos dos sentidos.”

Svādhyāya – auto-estudo.

Svadyayat-ista-devata-samprayogah (II.44) – “A união com a divindade escolhida vem do estudo de si mesmo por meio dos textos sagrados.”

Iśhvara-pranidhāna – entrega ao Absoluto.

Samadhi-siddhi-isvara-pranidhanat (II.45) – “A contemplação e seus poderes são conquistados por meio da adoração a Deus.”

 

3-      Āsana - posturas psicofísico-energéticas. Assentos para o corpo, criação do Espaço Mítico.

4-      Prānāyāma – expansão e controle da energia vital.

5-      Pratyāhara - liberação da mente do jugo dos sentidos, introspecção.

6-      Dhāranā - concentração mental, foco.

7-      Dhyāna – meditação, concentração profunda e prolongada.

8-      Samādhi – superconsciência, êxtase, fusão da consciência com o objeto de meditação, integração com a Unidade.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!