Teste da orelhinha com Marta Carolina Todaro

25/09/2017 18:31

A audição é essencial para o desenvolvimento da linguagem. É pela interação com o outro e com o “mundo sonoro”, que a criança consegue entender seu universo, organizar pensamentos e adquirir conhecimento.

Qualquer perda na capacidade auditiva, mesmo que pequena, impede a criança de receber adequadamente os estímulos sonoros essenciais para o desenvolvimento da fala.

O Teste da Orelhinha tem como finalidade avaliar a audição em recém nascidos.

O exame logo ao nascer é imprescindível para todos os bebês.

A idéia de que analisar o comportamento, reação do bebê, diante a diferentes estímulos sonoros , não é sufuciente para concluir que este bebê é ouvinte.

Sons como: Batida de porta, batida de palma, giram em torno de 40dB a 70dB

O exame de Emissoes Otoacusticas, conhecido como “teste da orelhinha“, detecta a capacidade auditiva no limiar de audição que é de 0dB a 20dB.

Não há nenhum outro som audível, compatível para testar no RN. O mais próximo seria o som do ”cochicho”.

O teste consiste na colocação de um fone acoplado a um computador na orelha do bebê que emite sons de fraca intensidade e recolhe as respostas que a orelha interna do bebê produz.

Pode ser realizado com o bebê dormindo, em sono natural, mamando. É indolor , não invasivo e dura em torno de 10 minutos.

Nos Hospitais e Maternidades, o teste é feito no segundo ou terceiro dia de vida do bebê.

Esse exame é feito especialmente nos RNs nascidos de parto domiciliar. Neste caso, recomenda-se fazer entre o 7º e 10º dia de vida.

 

 

Acontece semanalmente no Espaço Santosha com horário agendado!

Curriculo: www.espacosantosha.com.br/products/marta-carolina-todaro/

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!